Notícias de Nonoai e região em primeira mão
Notícias de Nonoai e região em primeira mão

Menu

Homem natural de Chapecó é preso pelo crime de estupro de vulnerável

Plantão Policial

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Telegram
WhatsApp
Email
Telegram

Conforme a Polícia Civil, crime foi cometido contra uma mulher que possui deficiência mental e foi abandonada em meio ao mato, saiba mais:

A Polícia Civil (PC), na tarde desta sexta-feira (24), cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, 33 anos, natural de Chapecó (SC), pela prática do crime de estupro de vulnerável. Conforme a PC, a prisão aconteceu na casa do investigado, no interior do município de Nova Itaberaba, no Oeste de Santa Catarina.

Entenda o caso:

No dia 29/04/2024 foi noticiado o desaparecimento de uma mulher, de 26 anos de idade, na cidade de Nova Itaberaba.

 

Assim que chegou ao conhecimento da autoridade policial foram empreendidas diligências no intuito de localizá-la, sendo que a Polícia Civil logrou êxito em encontrá-la já em sua residência. Entretanto, a mulher, que possui deficiência mental, estava com diversas lesões em seu corpo e relatou ter sido estuprada em meio ao mato e lá fora abandonada à própria sorte, pois não sabia voltar para casa.

Na manhã seguinte (30), após passar a noite inteira no mato, a mulher conseguiu voltar para sua residência.

Assim que a Polícia Civil tomou conhecimento desses fatos já foram realizados os encaminhamentos necessários, bem como expediu-se guia para exame de corpo de delito para a vítima.

Ato contínuo, foi instaurado o inquérito policial, apurado a autoria dos fatos e representado pela prisão preventiva do indivíduo.

Após parecer favorável do Ministério Público, sobreveio decisão do Poder Judiciário decretando a prisão preventiva do investigado.

Na tarde desta sexta-feira, a Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar de Nova Itaberaba, cumpriu o referido mandado de prisão, sendo que o indivíduo foi preso em sua residência, localizada no interior do município de Nova Itaberaba.

Em seguida o investigado foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Crédito da matéria:

Clic RDC

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Telegram
WhatsApp
Email
Telegram

Veja também