Notícias de Nonoai e região em primeira mão
Notícias de Nonoai e região em primeira mão

Menu

Homem que teria extorquido casal com deficiência auditiva em Erechim é preso em Ronda Alta

Plantão Policial

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Telegram
WhatsApp
Email
Telegram

 

 

 

Nesta quarta-feira, 08 de fevereiro de 2023, a Brigada Militar prendeu na cidade de Ronda Alta/RS, um homem de 27 anos, contra o qual existia um mandado de prisão preventiva, expedido pela 1ª Vara Criminal de Erechim.

O homem em questão teve sua prisão decretada a partir de investigação conduzida pela 1ª Delegacia de Polícia de Erechim, que apurou a participação do suspeito em crimes de extorsão e roubo, em tese, cometidos por ele contra um casal, portadores de deficiência auditiva, e o filho deles, uma criança de apenas 1 ano.

De acordo com a investigação, o acusado, que é primo de uma das vítimas, aproveitava-se do elo familiar para aproximar-se do casal, e utilizando-se de grave ameaça – algumas das vezes utilizando até uma arma de fogo – subtraía bens e valores do casal, que em razão da limitação imposta pela deficiência auditiva, tinham dificuldade em pedir ajudar ou defender-se do criminoso.

O casal e a criança foram vítimas do acusado em pelo menos seis oportunidades diferentes ao longo do ano de 2022. Dentre os crimes mais graves praticados pelo criminoso estão roubos e extorsão.

Diante da gravíssima sequência de violações de direitos a que eram submetidas as vítimas, e da reiterada prática delitiva do acusado, a Autoridade Policial titular da 1ª DP de Erechim, representou pela decretação da prisão preventiva do investigado.

Conforme decisão proferida pelo Juiz titular da 1ª Vara Criminal, e que embasou a decretação da prisão do acusado, “a conduta imputada ao representado revela covardia e desprezo pela vida humana, já que cometeu vários delitos (roubo extorsão), em diversas oportunidades, contra seu próprio parente (primo), que é surdo, aproveitando-se da dificuldade de comunicação dele e de sua esposa para pedir socorro”. O Magistrado destacou ainda, ao referir-se a um dos crimes imputados ao agressor, que “não bastasse isso, na mesma data mencionada, o representado teria voltado até a casa do casal, os quais possuem um filho de 01 ano de idade, e ameaçado atear fogo na residência e “matar todos se não derem dinheiro”, de modo que os ofendidos, temerosos, tiveram de pernoitar em outro local.”

 

Após sua prisão, o foragido foi conduzido até a DP de Ronda Alta para as devidas formalidades, e por fim foi conduzido ao Presídio de Sarandi, onde permanece à disposição da Justiça.

 

Polícia Civil

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Telegram
WhatsApp
Email
Telegram

Veja também